DestaqueInternetLuiz Affonso RomanoMomento do ConsultorNegócios

O que você precisa saber antes de migrar para a Consultoria. Parte 3 de 3

1.Gera e trata dados, analisa e interpreta, transformando-os, em conjunto com o cliente, de forma presencial e/ou virtual, em diagnósticos, análises e recomendações pertinentes e antevê as oportunidades com o Cliente. Avalia sempre!


2.Sua mais valia é a decisiva vantagem do olhar descomprometido, de estranhamento,  externo à “realidade” das organizações.

3.Desenvolve seu trabalho também associado, porquanto:
(I) a complexidade dos problemas – exigindo conhecimentos complementares-;
(II) contratos sempre temporâneos; e
(III) variedade de setores, empresas/organizações e de trabalhos/projetos.


4.Pressente que, no mais das vezes, o cliente/contratante não sabe bem qual é o seu real problema ou não pode revelar; a etapa inicial de um projeto será aclarar, pelo consenso, a Situação Atual -70% da solução de um Problema dependem da sua identificação exata-; e


5.Competente, mas, amiúde, lhe falta vocação para o marketing, comunicação e a venda dos serviços. Daí, a constituição de sólida rede de relacionamento e comunicação, visto que nos serviços de consultoria, a recomendação pessoal, de cliente e/ou de outro consultor, é critério determinante na contratação.


6.Alguns atributos do Consultor: conhecimento atualizado, comportamento ético,  isenção, gestão do tempo, saber ouvir, saber perguntar, constância no comportamento…

PARTE 1 | PARTE 2

Luiz Affonso Romano, coordenador da pesquisa, assegura à coluna que os problemas empresariais, tal qual das pessoas, são diferentes e irrepetíveis; cada empresa é única, com seu espaço, tempo e circunstâncias, e reage de maneira diferente às intervenções. Ele lembra que as empresas de apenas um consultor representam 80% das consultorias no país.

Foto de Scott Graham no Unsplash

You may also like

More in:Destaque

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.