Ana Luiza PortellaCafofo EpifânicoCinemaCulturaDestaqueSériesTV

O que assistir no Dia das Mães?

Há diversas maneiras de comemorar uma data tão especial, mas não podemos negar que com a pandemia que nos cerca, as possibilidades se limitam bastante. Neste domingo, nessa friaca danada, que tal passar o dia com uma boa sessão de filme e série com sua mãe? 

Sexta-Feira Muito Louca (2003):

Foto: Divulgação

Esse é um dos fenômenos da atriz Lindsay Lohan, que completará 18 anos de lançamento ainda neste ano. O que muitos não sabem é que o filme não é original, e sim, um remake do longa Um Dia Muito Louco, de 1976. 

Aqui temos uma típica relação desarmoniosa entre mãe e filha, na qual Tess (Jamie Lee Curtis) faz de tudo para compreender sua primogênita rebelde de 15 anos, Anna (Lindsay Lohan). Após comerem juntas um biscoito da sorte em um restaurante chinês, de repente trocam de corpos, obrigando-as a aprender sobre a vida uma da outra em suas rotinas e fazendo de tudo para descobrir uma solução para haver novamente a troca, antes do dia do casamento de Tess chegar. 

O filme se encontra disponível no Disney+. 

Gilmore Girls (2000 – 2007):

Foto: Divulgação

Com 20 anos na conta, Gilmore Girls foi uma das séries mais assistidas na sua época de estreia da emissora The Warner Bros. Conhecida também como Tal Mãe, Tal Filha, fez parte do SBT no ano de 2002. 

O enredo é simples, mas muito doce de se acompanhar. Ambientado em uma pequena cidade fictícia de Connecticut, a história gira em torno do relacionamento de Lorelai Gilmore (Lauren Grahan), uma mãe solteira, com sua filha Rory (Alexis Bledel). A harmonia composta pelas duas é de ser apreciada de tão única, onde além de ser mãe e filha, compartilham também, acima de tudo, de uma singela amizade e companheirismo. A série ficou muito conhecida pelos diálogos rápidos ricos em sarcasmo e cultura pop. 

Todas as temporadas se encontram disponíveis na Netflix. 

Perfeita é a mãe! (2016):

Foto: Divulgação

Mila Kunis dá vida a uma mãe bem presente da realidade que vivemos. Aparentemente possui um casamento perfeito, filhos incríveis e um emprego que ama, mas ainda assim se sente completamente estressada com o, até então,  papel materno que lhe foi imposto. Decidida a se afastar temporariamente aos deveres domésticos, se une a duas outras mulheres que também se encontram na mesma situação, iniciando juntas  uma super jornada em busca da liberdade. 

O filme se encontra na Amazon Prime Video, HBO GO e Google Play Movies. 

Mamma Mia (2008):

Foto: Divulgação

O grande sucesso musical baseado na peça de teatro homônima se passa na Grécia, envolvendo a história de Sophie (Amanda Seyfried) em busca do verdadeiro pai. Enquanto sua mãe Donna (Maryl Streep), proprietária de um hotel nas ilhas gregas, cuida de todos os preparativos do casamento de sua filha com a ajuda de duas amigas, não sabe que Sophia acaba convidando os seus três possíveis pais para a cerimônia. 

Com os memoráveis sucessos do grupo sueco ABBA, o longa é composto por três filmes.  

O primeiro filme da trilogia encontra-se disponível na Netflix.

Minha Mãe É uma Peça (2013):

Foto: Divulgação

Em homenagem ao grandíssimo Paulo Gustavo, que infelizmente veio a falecer pelo vírus da COVID-19, sua memorável obra não poderia ficar fora dessa relação de forma alguma. 

Interpretando a inesquecível Dona Hermínia, mãe de meia idade e divorciada do marido, descobre que seus filhos, Marcelina e Juliano, a consideram chata por não largar o pé dos dois. Chateada com a declaração de ambos, decide sair de casa sem avisar ninguém, deixando todos loucos pelo seu sumiço repentino. Passando um tempo na casa de sua Tia Zélia, revive doces memórias e transborda eternas saudades de um tempo que já não volta mais. 

O filme se encontra no streaming Telecine. 


Ana Luiza Portella – estudante de jornalismo

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *