CulturaMúsicaSobe o Som!TVVitor Santos

Novelas que foram fenômenos no ibope e na trilha sonora

Não é segredo para ninguém que a Rede Globo é um aglomerado de comunicação de mais força no Brasil, sendo o 3° maior do mundo.  O grupo Globo possui diversas empresas que são associadas à sua marca, canais fechados, concessões de rádio, jornais digitais e impressos, a Som Livre é considerada uma das marcas do grupo que mais chama atenção sendo um produto fortíssimo da história da Rede Globo, com mais de 50 anos de existência e muita história no mercado musical.

Para se ter um a ideia o braço fonográfico da Globo tem uma história muito importante na música brasileira, a gravadora já lançou discos de artistas consagrados como Novos Baianos, Rita Lee, Emilio Santiago entre outros.  

Ao longo dessa história o carro-chefe da Som Livre nessas cinco décadas foram trilhas sonoras criadas exclusivamente para embalar novelas da TV Globo, onde retratavam costumes e estilos musicais consumidos pelos brasileiros ao longo das suas exibições, trilhas que iam da MPB tradicional ao rock, passando por ritmos mais populares como forro e axé.

Os famosos “discos de novela” foram marcantes para muitos durante anos. Pois estamos falando de uma época em que não havia internet, celulares, MP3, Youtube ou qualquer coisa que facilitasse procurar uma música desejada e dar um simples “play”.

As principais trilhas sonoras que fizeram O história nas telenovelas

GABRIELA (1975)

A primeira da lista é a inesquecível Gabriela, segundo especialistas musicais, é uma das trilhas mais perfeitas da história da teledramaturgia. O disco possui doze temas originais, compostos especialmente para a trama. Esteve nele cantores como Djavan e Fafá de Belém.

SARAMANDAIA (1976)

Trama baseada no realismo fantástico, a novela consagrou a música Pavão Mysteriozo, composição do cearense Ednardo. A Canção da Meia Noite também marcou como, tema macabro do grupo Almôndegas, e Soou o Estopim, interpretada por Sônia Braga.

PECADO CAPITAL (1976)

A novela Pecado Capital foi feita a toque de caixa para suprir a lacuna deixada por Roque Santeiro, de Dias Gomes – cuja primeira versão foi vetada pela ditadura militar, a sua trilha sonora foi escolhida a dedo com isso o LP foi marcante.

ESTÚPIDO CUPIDO (1977)

O LP de Estúpido Cupido está entre as primeiras trilhas de novelas que alcançou mais de 1 milhão de cópias vendidas. A trama Ambientada na década de 1950, trazia veteranos da primeira geração do rock, como Celly Campelo (a fafaixa-título), ao lado de astros da bossa nova como: Os Cariocas e Sylvia Telles.

DANCIN’ DAYS (1978)

Considerada um fenômeno inesquecível, a novela Dancin´ Days foi lançada com a intenção de aproveitar a onda das discotecas no momento. A trilha, apesar de trazer temas dançantes (por exemplo a faixa-título, cantada pelas Frenéticas) tinha samba-canção (Dick Farney e sua Copabacana) e astros como Guilherme Arantes e Jorge Ben.

SOL DE VERÃO (1982)

O rock nacional embalou a trilha de Sol de Verão, bandas estavam despontando àquela altura dos anos 80, como Rádio Táxi, Blitz e o cantor Lulu Santos estão abrilhantaram e deram um sabor à mais na trama.

ROQUE SANTEIRO (1985)

Outro grande fenômeno da teledramaturgia brasileira trouxe pela primeira vez a 2 álbuns nacionais, a primeira vez que a Som Livre abriu mão de produzir um álbum com temas internacionais.

TIETA (1989)

Adotou-se o mesmo recurso de Roque Santeiro: duas trilhas com temas nacionais. Há um sucesso de Carlinhos Brown (Meia-Lua Inteira, cantada por Caetano Veloso), e mostra a ascensão do sertanejo com Chitãozinho & Xororó e Roberta Miranda.

LAÇOS DE FAMÍLIA (2000)

O que chama atenção nessa trilha é que o tema salvou um personagem. Camila, vivida por Carolina Dieckmann, era odiada pelos espectadores – até o dia em que tosou os cabelos para se tratar de câncer ao som de Love By Grace, de Lara Fabian.

AVENIDA BRASIL (2012)

Considerada uma novela inesquecível, que rendeu os melhores índices de ibope da década Avenida Brasil trouxe uma boa combinação de MPB sofisticada com temas populares, seu tema de abertura chamou bastante atenção com o hit Vem Dançar com Tudo – aquela do grudento refrão “oi-oi-oi”.

oi-oi-oi

E ai? Lembram de algum tema que foi marcante para você? Comentem em nossas redes sociais músicas que embalaram a trilha sonora de sua vida. Até a próxima.  

Vitor Santos – jornalista graduado e roteirista de telenovela audiovisual

You may also like

More in:Cultura

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.