Moacyr Luz e Samba do Trabalhador se apresentam no Bar do Zeca Pagodinho

3 min. leitura

Patrimônio cultural do Rio de Janeiro, a roda de Samba do Trabalhador, liderada por Moacyr Luz, que nasceu no Andaraí, apresenta edição especial no Bar do Zeca Pagodinho, no Shopping Vogue Square, dia 16 de dezembro, a partir das 21h30min.

No repertório o grupo promete clássicos como “Toda Hora”, “Saudades da Guanabara”, “Cabô, Meu Pai”, “Estranhou o Quê?”, “Vida da Minha Vida”, entre muitos outros. 

O SDT é formado por: Moacyr Luz (voz e violão), Daniel Neves (violão de 7 cordas), Alexandre Marmita (voz e cavaco), Gabriel Cavalcante (voz e cavaco), Nego Alvaro (voz e percussão), Luiz Augusto Lima Guimaraes (percussão), Nilson Visual (surdo e tamborim), Junior De Oliveira (percussão) e Mingo Silva (voz e pandeiro).

Sobre o Samba do Trabalhador

Consolidado na geografia cultural do país como pólo de resistência da cultura brasileira, o Samba do Trabalhador foi fundado por Moacyr Luz em uma tarde de 2005.

O nome de batismo da roda foi inspirado no dia de suas apresentações, todas às segundas-feiras, no Clube Renascença. Ocorre que, ao contrário da maioria das profissões, as folgas dos músicos são sempre às segundas. Foi por isso que, há 16 anos, Moacyr viu nesta data uma oportunidade rara de reunir seus amigos do samba, que têm agenda lotada nos outros dias. O encontro casual virou patrimônio cultural, e hoje reúne milhares de pessoas semanalmente, entre personalidades da cultura brasileira, músicos e anônimos. Já passaram por lá nomes como Anderson Cooper (âncora da CNN), Fagner, Pedro Bial, Débora Bloch, o ex-jogador Júnior, entre muitos outros. Em comum, todos fãs do verdadeiro samba de raiz.

Durante a pandemia, foi necessário fechar as portas, temporariamente. Então vieram as lives, inicialmente com cada músico em sua casa, e depois com o grupo todo reunido no Rena, com três edições de sucesso. Aos poucos e com todos os cuidados necessários, a roda voltou a fazer parte do calendário cultural da cidade

Parada obrigatória para amantes da música brasileira, com o passar dos anos o movimento ganhou contornos de resistência, por manter vivas as tradições do samba e as pautas sociais em versos e acordes. Esta rica história, que inclui 5 álbuns lançados e 3 Prêmios da Música Brasileira, além de dezenas de participações de estrelas da nossa música. 

SERVIÇO: 

Evento: Moacyr Luz e Samba do Trabalhador

Endereço: Av. das Américas, 8585 – Shopping Vogue Square – B. da Tijuca

Telefone: (21) 3030-9097

Dia: 16 de Dezembro de 2021 – quinta-feira

Horário: 21h30min

Preço: R$ 30,00

Capacidade: 50% do público

Faixa etária: 18 anos

Aceitamos todos os cartões de débito e crédito

OBS: *Não fazemos reservas de mesas

         * Entrada somente com máscaras

         * É obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação

Deixe um comentário
Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Avatar photo
Prosa & Verso