Grupo Tápias apresenta turnê do novo espetáculo inspirado na obra de Sebastião Salgado

9 min. leitura

Café não é só uma xícara, novo trabalho do Grupo Tápias, longeva companhia de dança contemporânea franco-brasileira, fará uma turnê por cidades brasileiras no segundo semestre do ano. A narrativa apresenta os movimentos da dança em comunhão com a obra de Sebastião Salgado, que inspirou a coreógrafa e bailarina Flávia Tápias, a idealizar e colocar em cena sentimentos e sensações vindos da pesquisa realizada sobre o café, uma bebida tão presente na vida dos brasileiros, que evoca tradições, crenças e espiritualidade. O projeto, patrocinado pela Brasilcap, está inserido no Festival Dança em Trânsito 2023 e passará pelas seguintes cidades: 13/07 em Florianópolis (SC), 15/07 em Curitiba (PR), 21/07 em Belo Horizonte e Coronel Fabriciano (MG), 3 e 4/08 no RJ, 8/08 em Brasília (DF), 15/08 em São Paulo (SP), 18/08 em Salvador (BA), 01/10 em Volta Redonda (RJ) e 3/10 em Mangaratiba (RJ).

Café não é só uma xícara é um espetáculo de dança contemporânea acerca do café no que diz respeito ao corpo do homem comum que, onde quer que esteja, partilha sensações similares. Muitos encontros são permeados pela presença da bebida. Café é vício, é encontro, é intervalo, é negócio, é mimo, é família, é cheiro. Dentro de todas as possibilidades do corpo, de resgatar os registros do fotógrafo brasileiro Sebastião Ribeiro Salgado, a coreógrafa coloca em cena um trabalho que brinca esteticamente com o instante eternizado pela pesquisa realizada em torno da fotografia. Café não é só uma xícara. Café é plantio, colheita, moagem, cheiro bom pela casa quentinha da memória. O elenco é formado pelos bailarinos Hugo Lopes, Dilo Paulo, Samuel Samways, Letícia Xavier, Clara da Costa, Marina Cervo e Flávia Tápias.

Muitos encontros são permeados pela presença do café. Café é vício, é encontro, é intervalo, é negócio, é mimo, é familiar, é cheiro. Neste espetáculo, apresentamos uma obra sensorial, um exercício lírico perpassado pela fé profana ou religiosa, por crenças, tradições e espiritualidade sem, no entanto, subtrair do ser humano o poder de transformar e recriar sua realidade”, diz Flávia Tápias – que assina a direção artística do espetáculo com a mãe, Giselle Tápias.

Grupo Tápias
(foto do elenco original por Paulo Aragon)

Ficha Técnica – Café não é só uma xícara

Direção Artística: Flávia Tápias e Giselle Tápias

Coreografia: Flávia Tápias

Colaboração coreográfica: Giselle Tápias

Ensaiadora: Luciana Ponso

Produção: CDPD-RJ

Criação do Desenho de Luz: Paulo César Medeiros            

Sonoplastia: Isidoro Kutno

Criação e Confecção do Figurino: Luiza Marcier                                

Criação e confecção de Cenário: Mina Quental

Operação de Luz: Louis Radavelli

Assessoria de Imprensa: Alexandre Aquino e Cláudia Tisato

Programação Visual: TRUQUE, Fernanda Valois

Registro Foto e Audiovisual: TRUQUE, Fernanda Valois

Realização: Espaço Tápias

Sobre o Grupo Tápias

Fundado em 1994 por Giselle Tápias, coreógrafa de renome nacional e internacional, o Grupo Tápias construiu ao longo dos quase 30 anos de existência, sólida base técnica e incessante pesquisa de linguagem própria. A partir de 2009, Flávia Tápias assumiu a direção da companhia, que tem até hoje a colaboração artística de Giselle Tápias.

O grupo participou de diversos festivais e mostras nacionais e internacionais de dança como Lugar à Dança, Lisboa, Coimbra, Oeiras/Portugal; Danse à Lille, Lille e Roubaix/França; Itálica Festival Internacional de Danza, Sevilha/Espanha; Tanec Praga, Praga/República Tcheca; International Tanzmesse NRW, Essen e Düsseldorf/ Alemanha; Festival Havana Vieja, Havana/Cuba; Festival OFF Avingon; Toure CCAS – França (30 cidades Francesas); Dança em Trânsito/RJ; Correios em Movimento/RJ; Mostra Contemporânea do Festival de Joinville/SC; 4 Movimentos Centro Cultural Banco do Brasil/RJ e DF; Festival Internacional de Dança da Paraíba/PB; Festival Internacional de Dança do Amazonas FIDA/AM; Prêmio FINEP/TO; II Fórum Cidade Criativa/RJ, dentre tantos outros.

Residências artísticas

O Grupo também tem na sua trajetória a participação em residências artísticas importantes como Les Collectif Essone Danse e Danse à Lille-Paris e Lille 2005, 2006; Théâtre de l’Agora- Paris et Festival OFF Avingon 2007; Correios em Movimento e Passarelle vzw – Bélgica 2010; Interplay e Correios em Movimento- Itália e Brasil 2011; Correios em Movimento, Theatre Pablo Picasso (La Norville) – Brasil e França -2012; Centre Recollet -Paris 2013; Lês Collectif Essone Dance – França, 2013; Micadanse, Centre Recollet – Paris 2015; Cité des Arts – Paris 2016; Les Bords de Scène- Essone/Paris 2017, 2018; Centre Recollet, Micadanse – Paris 2019, dentre outras.

Por vezes, a companhia contou com a participação de coreógrafos convidados nacionais e internacionais na criação de seus trabalhos. Assim foi com Pol Coussement – Bélgica, Thomas Lebrun – França, Stephanie Thierch – Alemanha, Nicole Seiler – Suíça, Mathieu Hocquemiller – França, Rami Levi (Israel), Ricardo Risuenho (PA), Henrique Rodovalho (GO), Ana Vitória (RJ), o diretor de teatro Paulo de Morais (RJ) dentre outros. Hoje, o Grupo Tápias tem em seu repertório mais de 30 criações coreográficas das quais 11 continuam ativas, em turnê. A Cia tem também em seu repertório videodanças e documentários sobre o processo criativo.

Sobre a Brasilcap

Desde 1995, a Brasilcap já distribuiu mais de R$ 2,4 bilhões em prêmios, que abrangem aproximadamente 690 mil títulos contemplados. Atualmente, a Companhia conta com mais de três milhões de clientes e um portfólio diferenciado de soluções de capitalização. Como referência de mercado, a Brasilcap entende que é seu papel transformar a realidade da sociedade. Por isso, a companhia incentiva projetos de desenvolvimento, divulgação e preservação da cultura brasileira, ao apoiar exposições, peças teatrais, musicais, filmes, entre outras manifestações artísticas, tanto por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, como de forma direta.

Serviço

Café não é só uma xícara

Com o Grupo Tápias

Classificação: Livre

Duração: 60 minutos

Datas e locais:

  • 13/07, quinta – Florianópolis (SC), às 20:30h, no TAC Teatro Álvaro de Carvalho (470 lugares)

R. Mal. Guilherme, 26 – Centro, Florianópolis – SC

Gratuito

Link

  • 15/07, sábado – Curitiba (PR), às 20h, no Teatro Fernanda Montenegro (551 lugares)

Shopping Novo, R. Cel. Dulcídio, 517 – Batel, Curitiba

Inteira 40,00

meia 20,00

Pelo Diskingresso

  • 21/07, sexta – Belo Horizonte (MG), às 21h, no Sesc Palladium (1.150 lugares)

R. Rio de Janeiro, 1046 – Centro, Belo Horizonte – MG

Inteira 10,00

Meia 5,00

Link

  • 24/07 – Coronel Fabriciano (MG), às 20h, no Teatro João Paulo II – Campos UNILESTE (335 lugares)

Morada do Vale B, Cel. Fabriciano – MG

Gratuito

Link

  • 03 e 04/08, quinta e sexta – Rio de Janeiro, às 19h, no Centro Cultural Banco do Brasil RJ – Teatro I (175 lugares)

R. Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

inteira 30,00

meia 15,00

bb.com.br/cultura

  • 08/08, terça – Brasília (DF), às 20h, no Sesc Ceilândia Newton Rossi (429 lugares),

QNN 27 Área Especial S/N, Ceilândia Norte, Brasília – DF

*Estamos ainda confirmando o valor dos ingressos (gratuito ou pago)

  • 15/08, terça – São Paulo (SP), às 19:30, no Centro Cultural Fiesp (456 lugares)

Avenida Paulista, 1313 Em frente a estação Trianon-Masp do Metrô – Bela Vista, São Paulo

Gratuito – retirada de ingresso uma semana antes do evento

  • 18/08, sexta – Salvador (BA), às 19h, no Sesc Pelourinho (220 lugares)

Largo do Pelourinho, 19, Centro Histórico de Salvador

Inteira 10,00

Meia 5,00

  • 01/10, domingo – Volta Redonda (RJ), às xx , na GACEMSS (418 lugares)

R. Gen. Oswaldo Pinto da Veiga, 315 – Vila Santa Cecília, Volta Redonda – RJ – a confirmar

  • 03/10, terça – Mangaratiba (RJ) – a confirmar

Foto capa: Fernanda Valois

Deixe um comentário
Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Marcos Calmon
Psicologia
Avatar photo
Prosa & Verso