Gaia Broker redefine a gestão de ativos obsoletos no setor de telecomunicações

5 min. leitura

De acordo com Ary Biazotto, co-fundador da empresa, as estratégias adotadas garantem um melhor valor de revenda e completa rastreabilidade dos ativos

O setor de telecomunicações, assim como muitos outros segmentos industriais, enfrenta desafios constantes no gerenciamento eficiente de seus ativos, especialmente quando estes se tornam obsoletos ou disfuncionais.

Neste cenário, empresas como o Gaia Broker surgem como uma solução inovadora, oferecendo uma plataforma robusta para a valorização e o descarte adequado de ativos, conforme a legislação vigente sobre resíduos sólidos.

Com mais de quinze anos de experiência no mercado de descarte de resíduos sólidos, os fundadores do Gaia Broker observaram uma lacuna significativa no processo de valorização de resíduos por parte de fabricantes ou empresas prestadoras de serviços.

Tradicionalmente, essas empresas optam por vender seus ativos descartados por meio de convites ou leilões, métodos que muitas vezes não garantem o melhor retorno financeiro. “O Gaia Broker foi criado justamente para transformar este cenário, propondo uma nova forma de comercializar ativos para maximizar seu valor no ciclo de vida do produto”, revela Ary Biazotto Corte Jr, co-fundador do Gaia Broker.

Benefícios transversais para o mercado

Embora a solução do Gaia Broker tenha relevância particular no mercado de telecomunicações, sua aplicabilidade se estende a qualquer setor que gere ativos descartáveis ou produtos em retorno. “Nossa plataforma está aberta para todas as organizações que precisam otimizar o retorno sobre ativos desvalorizados”, declara.

O Gaia Broker realiza um inventário detalhado dos materiais, classificando-os por tipo, tecnologia, condição e obsolescência. “Esse processo meticuloso garante não só o melhor valor de revenda, mas também a rastreabilidade completa e uma gestão eficiente da documentação dos compradores, fortalecida por um processo rigoroso de homologação e seleção”, relata.

Integração estratégica 

A eficácia do Gaia Broker é ampliada pela parceria estratégica com empresas como a Postalgow e Techfive, ambas com atividades complementares na cadeia de valor dos ativos que vão desde a logística e reciclagem, até a venda e gestão de resíduos. “Esta colaboração permite a oferta de um serviço mais abrangente, cobrindo todas as necessidades relacionadas ao descarte, manutenção e compra de componentes sobressalentes”, pontua Carlos Tanaka, especialista em logística com mais de 25 anos de experiência, fundador da PostalGow e co-fundador do Gaia Broker.

A integração dessas operações garante um controle mais eficiente de todo o processo, proporcionando transparência e segurança na venda desses ativos. “Isso não só facilita a vida das empresas que lidam com a rotatividade de equipamentos, como também assegura uma tomada de decisão mais consciente e segura, aspectos cada vez mais valorizados em um mercado globalizado e em rápida evolução”, finaliza Ary.

Sobre Ary Biazotto

Ary Biazotto, especialista e pesquisador, possui mais de 40 anos de experiência na área de Pesquisas, Projetos, Reaproveitamentos e Telecomunicações, com forte atuação em startups para soluções de Reciclagem, Reuso, Reparo e Rastreabilidade de equipamento no segmento de Eletroeletrônicos e Telecomunicações. É graduando em Engenharia de Telecomunicações pela Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações e especialização no CRC – Canadian Research Center.

Sobre Carlos Tanaka

O especialista possui mais de 25 anos de experiência na área de Logística, tem forte atuação em startups voltadas para soluções de tecnologia no segmento de telecomunicações. É graduado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP, pós graduado pela UC Berkeley Extension e MBA pela Business School SP.

Sobre a PostalGow

A empresa é o resultado de experiências vividas no segmento logístico de telecomunicações ao longo de 25 anos. A PostalGow tem se destacado no mercado por ser a única empresa especialista em soluções logísticas do país que tem serviços “End-to-end” de Logística de Telecomunicações, tanto com operações de armazenagem e transporte, e também a reversa, incluindo a retirada de equipamentos dos assinantes e seu recondicionamento, atendendo às melhores práticas de ESG.

Trata-se de uma empresa de Logística que leva conectividade e traz sustentabilidade.  Seu diferencial é a sua tecnologia empregada com alta especialização em soluções de telecom, com resultado surpreendente de crescimento no ano de 2023 de 60%. Possui capacidade instalada para atender até 300 mil solicitações mensais de retirada de equipamentos de reversa. O armazém central utilizado atende a 25 mil pallets e a capacidade de recondicionamento chega a até 70 mil equipamentos por mês. Para mais informações, acesse o site ou pelas redes sociais @postalgow.

Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Marcos Calmon
Psicologia
Avatar photo
Prosa & Verso