Floripa foi o centro da moda com o Beiramar Fashion Trends. Veja como foi!

13 min. leitura

Durante cinco dias o Beiramar Shopping, no centro de Florianópolis, se transformou no principal roteiro da moda no sul do país. É que o empreendimento foi palco do Beiramar Fashion Trends, o principal evento de moda da região, apresentando ao público as principais tendências e apostas para as próximas estações.

No primeiro, 21, dia subiram ao palco as marcas Tida, John John, Colcci, Le Lis e Animale. A marca Tida trouxe para a passarela do Beiramar Shopping uma composição eclética. Foram 10 looks com base nas tendências boho, trazendo o ar descompromissada, o monobloco, que ganha força com cores vivas e misturadas e, também, as saias plissadas. A composição de tecidos também dá movimento ao desfile nas passarelas e é uma forte tendência para as próximas estações.

A John John mostrou na passarela do Beiramar Fashion Trends uma coleção inspirada em uma viagem ao Havaí, arquipélago paradisíaco e também um dos últimos pontos do planeta a receber o pôr do sol. A coleção Summer Devotion conta com uma cartela de cores em tons de bege, branco e lilás; além de nuances cítricas como coral e tons de laranja, que remetem ao pôr do sol. Além disso, os coturnos foram uma aposta, compondo tanto com looks sociais quanto com os despojados.

A Colcci trouxe tendências ousadas, com um lifestyle provocador, com muito pink, mini comprimentos, conjuntos, muito brilho, estampas e, claro, destaque para o denim. A tendência do confy traz visuais versáteis para qualquer hora do dia. O Barbiecore trará peças com a silhueta mais estruturada, um visual que remete a boneca Barbie, com rosa bem vibrante e que também está ligado à tendência-teoria Dopamine Dressing. Outra aposta da marca é com o marrom e com os croppeds de amarração. A composição com tons alaranjados também ganhará destaque, além dos jeans. Após dois anos em que vestimos loungewear — o nome “oficial” que fashionistas dão à tal roupa de ficar em casa — com foco no conforto em tempos de isolamento social, a moda pós-pandemia traz cores e tecidos multifacetados tanto para o dia quanto para a noite. A alfaiataria compõe o conforty e a Colcci propõe modelos versáteis e que se aliam a vida moderna.

A Le Lis apresentou uma coleção pensada para mulheres de lifestyle agitado que buscam peças que também atendam a vida noturna, com peças sofisticadas que transitam desde a alfaiataria até modelos em jeans com acabamentos resinados. Em destaque, a sofisticação única da nova releitura com silhueta feminina do smoking Le Lis, que veio com um recorte impecável e versatilidade de uso. Além disso, sempre muito elegante, o preto surge em peças em crepe que são atemporais e coringa. Além das peças metalizadas e com brilho, a linha traz ainda grandes tendências, como: peças bordadas com transparência sutil e vestidos com mini comprimento e pele à mostra.

A Animale trouxe para passarela sua coleção de Verão 2023 intitulada Marés, como uma homenagem ao movimento das marés e aos biomas nativos. A marca apresentou looks versáteis, suaves ao toque, com caimento leve e com inspiração no artesanal, em tramas de tricot, tecidos rústicos, rendas, e cores ocre e terracota. Os detalhes são chave na coleção: botões em ouro velho são inspirados nas tachas usadas em roupas típicas do sertão, e o aviamento metálico aparece como ponto de luz. Além disso, os bordados em camisetas lembram o tradicional processo de curtimento do couro. Marca registrada da Animale, o animal print aparece em shorts, calças e jaquetas bordados com miçangas em look total print, além da estampa botânica que traz outro bioma como tema para composição. A inspiração no mar apresenta também desenhos de peixes em camisetas e cores lavadas, que remetem a ondas quebrando na costa. O jeanswear, carro-chefe da label, surge em gradações mais claras, combinando com tons de branco. Também chega em montagens coloridas, principalmente nas jardineiras, que são destaques das coleções da marca. O denim ganha cinturas mais baixas e um toque tropical, com estampa e bordado de coqueiro, flores e plantas nativas.

Na quinta-feira, dia 22, o tema foi acessórios. Desfilaram Bárbara K, Mariane Pelegrini, Victor Hugo e Vivara.

A Barbara K abriu a noite de desfiles trazendo como o tom o resgate dos protagonistas dos anos 2000. Com força total, a estética Y2K em leitura super contemporânea invadiu de vez o mundo fashion. Correntes em várias alturas e formatos de elos, elementos como borboletas e as tão famosas iniciais de nome em pingentes e anéis. O rosa também toma conta dos acessórios, com muitas variações de tons e subtons. O brilho vem com força, assim como a transparência e os óculos coloridos, que irão compor ainda mais os looks. E mais, o velho conceito de que não podemos misturar cores cai por terra, as próximas temporadas trarão múltiplas composições.

A Mariane Pelegrini apresentou a público uma pegada mais minimalista, contudo sem perder sua essência. O conceito vem alinhado ao novo perfil de consumidor que neste pós-pandemia procura menos quantidade e mais qualidade. Outro destaque é que as peças são usadas como amuletos de proteção. Algumas com símbolos e outras com pedras de cores vibrantes, sempre pensando em aumentar e potencializar o poder pessoal.

A Victor Hugo trouxe uma explosão de cores e estilo para a passarela do Beiramar Shopping. Para essa primavera verão, veremos uma combinação de cores fortes e pastéis dando contraste às roupas. O color black continua e também e aquele visual de caiu na tinta, literalmente, onde o visual monocromático forte estará presente. O movimento Barbiecore traz o rosa em várias tonalidades, compondo com tons lilases e azuis. O azul BIC e o azul cerúleo são as grandes apostas. Na linha dos tons solares, o laranja e o amarelo ganham força, tanto em peças lisas quanto em combinações que trazem a mescla para o cenário da moda. Se a roupa traz tons monocromáticos, as bolsas verde jade e verde lima agregam estilo às composições.

Os cintos vêm para marcar a cintura nas peças oversize, dando aquele ar romântico e os lenços ganham ainda mais versatilidade: para amarrar nas alças das bolsas, no cabelo, compondo como pulseira e até mesmo como top, peça que foi marca dos anos 2000 e que volta com força para a próxima temporada. Os lenços seguem em alta, compondo os looks.

A Vivara encerrou a segunda noite dos desfiles apostando em anéis, pulseiras, brincos e colares com Tanzanita, Turmalina Verde, Turmalina Rosa e diamantes. A composição de colares com diferentes tamanhos também ganhou força.

Nesta sexta-feira os looks masculinos subiram na passarela com as marcas Levi’s, Calvin Klein, Foxton e Aramis. O foco é no conforto e na tecnologia empregada das peças. Ao contrário do feminino, onde as cores vibrantes predominaram, os tons claros e clássicos, na paleta do nude e tons pastéis foi a grande aposta.

No sábado, dia 24, a moda fitness e linha praia tomaram conta da passarela. Desfilaram JBay, Dits (Calçados Capodarte), Track & Field e Hope/Resort (Calçados Uza). Tecidos tecnológicos ganharam destaque

A JBay apresentou uma coleção primavera-verão com peças monocromáticas e tons fortes como laranja, verde limão, lilás e o azul, que é a grande tendência. A moda praia apostou em biquinis com cores que traduzirão a personalidade, com cores marcantes e com recortes assimétricos. Esse mesmo layout aparecerá nos vestidos e nas bermudas. A moda masculina também ganhará cores, principalmente nas bermudas de surf.

A Dits levou para passarela paletas e estampas otimistas, que transbordam alegria. Os tons pastéis, por outro lado, causam uma sensação de tranquilidade, conexão e resiliência. Os tecidos texturizados são a tendência da vez, com um ar futurista, espírito inovador, energético e esportivo.

A Track & Field apostou em cores vibrantes e tecidos leves e a Hope/Resort apresentou um misto de moda fitness com roupas intimas e que compõem o look para o dia a dia.

No último dia dos desfiles as crianças, literalmente, roubaram a cena. A versatilidade dos produtos e com diferencial o conforto, a leveza e a flexibilidade deram o tom às coleções. Desfilaram BB Básico, Bibi, Puket, Tip Top e Milon.

A Bibi levou para a passarela a nova linha de chinelos e slides, que foi desenvolvida para as crianças usarem no dia a dia, na escola e na praia. É um produto super versátil, que tem como diferencial o conforto, a leveza e a flexibilidade. Além ser a cara do verão com tantas cores, o Bibi Sun pode ser personalizado com pins divertidos, com ou sem luz. Além disso, a marca apresentou uma releitura do TieDye, garantindo modernidade ao calçado, desenvolvida com uma estampa exclusiva, pintada por designers, inspirada nessa estação colorida. Outro tema que vai mexer com a Coleção de Verão 2023 é o Bibi Block, uma forte tendência, onde blocos de cores vibrantes com tons primários aparecem com fundos básicos como o cinza, branco e preto. Essa tendência já aparece muito em diversos segmentos, tanto no feminino como no masculino. E a Bibi destacou bastante esse tema em linhas que são as queridinhas da marca, tais como: Roller Celebration, Fisioflex e também nos esportivos, como o Evolution.

A Puket trouxe sua nova coleção de estampas, com cores vibrantes e de reforço do imaginário infantil, além dos itens tecnológicos, com luzes.

A Tip Top apresentou na passarela todo o conforto e ludicidade que os pequenos precisam para brincar e se divertir. Os looks traziam tons pastéis e estampa de Cupcake, proteção solar UV 50+, peças versáteis como Body praia, com mangas longas garantindo a proteção solar, é muito fru fru, babados e lacinhos trazendo graciosidade para o look, que pode ser usado também para um passeio, super combina com shorts. Temas divertidos também ganharam destaque, como uma peça que retrata um dino.

A Milon encerrou o desfile levando para passarela a coleção orientada pelo estilo mais natural e leve, mas sem deixar de lado a sofisticação, o que combina muito com essa época.

Deixe um comentário
Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Avatar photo
Prosa & Verso