Fi Bueno e Anastácia lançam ‘Identidades’

9 min. leitura

Fi Bueno e Anastácia lançam “Identidades”, álbum em que celebram os encontros e parcerias, nesta sexta-feira (22 de outubro), em todas as plataformas digitais. O álbum traz a participação de Zeca Baleiro em “Estrela Cadente”,  inédita parceria de Fi e Anastácia, além de Gilberto Gil em “Interestelar”, single que apresentou o trabalho ao público e veio acompanhado de um mini-doc com a participação dos artistas e de Guto Graça Mello, produtor do álbum.

Em meados de 2016, Fi Bueno e Guto Graça Mello se conheceram e passaram a trabalhar juntos em algumas produções. Depois, em 2018, em um show no tradicional Bar Brahma, em São Paulo, os caminhos de Fi e Anastácia se cruzaram, e começaram a compor em parceria. “Durante esse processo, percebi que poderíamos fazer algo maior, pois já tínhamos várias músicas juntos. Compartilhei essas ideias com Guto, que gosta muito da Anastácia, e me incentivou”, conta Fi. A partir daí, Fi Bueno e Anastácia passaram a trabalhar no álbum, com produção de Guto Graça Mello.

Além das composições da dupla, “Identidades” revela uma parceria com Céu e duas canções inéditas de João do Vale e Dominguinhos. Quando se aproximaram, Anastácia pediu para Fi harmonizar algumas canções que estavam guardadas. Foi trabalhando nesse material que encontraram, em uma fita cassete, “Distância Tirana”, inédita de João do Vale com Julinho do Acordeon e Anastácia. “Antes de morrer, João pediu a Julinho que a música fosse entregue para Anastácia colocar letra. É um pé de serra com aquele lirismo que só ele tinha e que emocionava até Tom Jobim. No final tem um choro do sertão indescritível”, comenta Fi. Já entre alguns boleros de Dominguinhos, encontraram o samba “Sadismo”, parceria inédita com a própria Anastácia, que Fi harmonizou sob influência de trabalhos de Elis Regina com César Camargo Mariano.

Ouça “Identidades“, de Anastácia e Fi Bueno

Ouça “Identidades“, de Anastácia e Fi Bueno, foto de divulgação: man_produções

Ao todo, o álbum reúne 8 parcerias de Anastácia e Fi Bueno, sendo uma delas com Céu. “Entre algumas melodias que mostrei pra Anastácia, estava um samba que compus com Céu. Assim nasceu ‘Na Areia da Praia’, que gravamos com a participação da Nina Maia nos vocais”, revela Fi Bueno, que é autor solo de “Xotear”, composta em homenagem ao clássico de Anastácia e Dominguinhos, “Eu Só Quero Um Xodó”.

O álbum abre com a parceria “Interestelar”, que tem a participação especial de Gilberto Gil nos vocais. “Quando ouvi a música achei que faltava uma voz para ‘duelar’ com Fi e sugeri convidarmos Gil para participar”, relembra Guto. “Interestelar” também foi escolhida como single, antecipando o que viria no álbum.

Zeca Baleiro marca presença nos vocais de “Estrela Cadente”, canção de Fi e Anastácia que parece saída de uma trilha de novela e que tem arranjo refinado de Graça Mello. “Identidades” reúne 14 canções e foi gravado com a participação das cantoras Nina Maia e Sylvia Maçari; e dos músicos Toninho Ferraguti, Robinho Tavares, Marcelo Maita, Nadinho Feliciano e Sergio Melo, além do próprio Fi Bueno e de Guto Graça Mello.

Além do primeiro single “Interestelar”, lançado em maio deste ano com a participação especial de Gilberto Gil, Anastácia e Fi Bueno liberaram outras canções nas plataformas digitais em três EPs: “O Molejo do Teu Corpo”, “Pé de Joá” e “Tramela”. A capa do álbum “Identidades”, assim como as capas do single e dos EPs são criação do artista plástico Elifas Andreato, responsável pela arte com Luís Mielle.

Mais sobre Fi Bueno e Anastácia

Fi Bueno foi do piano para o violão, construiu conhecimento e narrativa rítmica na guitarra, baixo e bateria; e enveredou pelo forró (formou duas bandas – Forroziando e Banda Bagana) até desaguar em pura música brasileira, território em que trafega e pelo qual tem lançado trabalhos solo desde 2010. Já Anastácia – a rainha do forró -, tem quase mil músicas compostas, sendo 250 delas com seu principal parceiro musical, Dominguinhos – com quem divide a composição de “Eu só quero um xodó” e “Tenho sede”. Em quase 60 anos de carreira, lançou 35 discos e teve suas composições interpretadas por artistas como Gal Costa, Gilberto Gil, Nana Caymmi e Luiz Gonzaga, que a apadrinhou. 

IDENTIDADES | FICHA TÉCNICA

Direção Musical: Guto Graça Mello

Mixagem: Guto Graça Mello e Gustavo Modesto

Masterização: Felipe Tichauer (Red Traxx)

1 Interestelar (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia. Participação especial: Gilberto Gil 

Violão aço e violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Efeitos e teclados: Guto Graça Mello

Zabumba e triângulo: Fi Bueno

2 Pé de Joá (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona : Toninho Ferraguti

Pandeiro, Zabumba e Triângulo: Fi Bueno

3 O Molejo do Teu Corpo  (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona : Toninho Ferraguti

Ganzá, Zabumba e Triângulo: Fi Bueno

4 Estrela Cadente (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia. Participação especial: Zeca Baleiro

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona: Toninho Ferraguti

Piano: Marcelo Maita

Cordas Midi, Flautas Midi, Percussões Midi: Guto Graça Mello

5 Tramela (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona : Toninho Ferraguti

Zabumba, Triângulo e Ganzá: Fi Bueno

Piano Fender Rhodes: Marcelo Maita

6 O Sucesso da Zefinha (Anastácia)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Nadinho Feliciano

Sanfona : Toninho Ferraguti

Pandeiro, Zabumba, Triângulo, Agogô e Ganzá: Fi Bueno

7 Distância Tirana (Anastácia, João do Vale e Julinho do Acordeon)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Nadinho Feliciano

Sanfona: Toninho Ferraguti

Ganzá e Agogô: Fi Bueno

Cordas Midi, Flautas Midi: Guto Graça Mello

Piano Fender Rhodes: Marcelo Maita

8 Sadismo (Anastácia e Dominguinhos)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona : Toninho Ferraguti

Pandeiro, Zabumba e Triângulo: Fi Bueno

9 Eu Só Quero um Xodó (Anastácia e Dominguinhos) / Xotear (Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Sanfona : Toninho Ferraguti

Pandeiro, Zabumba e Triângulo: Fi Bueno

Piano Fender Rhodes: Marcelo Maita

10 Na Areia da Praia (Anastácia, Fi Bueno e Céu)

Vozes: Fi Bueno e Nina Maia

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Piano Fender Rhodes: Marcelo Maita

Cordas Midi, Cuíca Midi, Tamborins Midi, Sopros Midi: Guto Graça Mello

Ganzá: Fi Bueno

Vozes: Fi Bueno, Anastácia e Sylvia Maçari

Violão Nylon: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Pandeiro, Congas e Triângulo: Fi Bueno

Efeitos Midi, Sopros Midi: Guto Graça Mello

12 Meu Santo É Brasa (Anastácia e Jackson do Pandeiro)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão aço: Fi Bueno

Baixo: Nadinho Feliciano

Sanfona: Toninho Ferraguti

Pandeiro, Zabumba e Triângulo: Fi Bueno

13 Tenho Sede (Anastácia e Dominguinhos)

Voz: Anastácia

Piano Fender Rhodes: Marcelo Maita

Efeitos Midi, Sanfona Midi, Percussões Midi: Guto Graça Mello

14 Amar Pra Valer (Anastácia e Fi Bueno)

Vozes: Fi Bueno e Anastácia

Violão Aço: Fi Bueno

Baixo: Robinho Tavares

Bateria: Sergio Melo

Piano: Marcelo Maita

Deixe um comentário
Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Avatar photo
Prosa & Verso