Saúde

Dia Nacional da Saúde: Como as exposições ambientais podem interagir com nossos genes para estimular doenças

Os fatores ambientais chamados expossomas estão associados a mais de 80% das doenças humanas e quase 1 em cada 6 mortes em todo o mundo

Um acúmulo de produtos químicos, poluentes, micróbios e partículas ambientais pode estar vivendo dentro de cada um de nós, adquiridos do ar que respiramos, dos alimentos que comemos, dos produtos que tocamos e da água que bebemos. Essas exposições são às vezes prejudiciais e podem interagir com nossos genes para estimular doenças. Pesquisadores do Centro de Medicina Individualizada da Mayo Clinic estão estudando exposições ambientais ao longo da vida, chamadas de expossomas, e avaliando as respostas biológicas a essas exposições.

No dia Nacional da Saúde (5 de Agosto) é importante destacar que fatores ambientais têm sido associados a doenças, incluindo câncer, doença cardíaca, doenças pulmonares, doenças autoimunes e AVC. Os fatores ambientais estão associados a mais de 80 por cento das doenças humanas e quase 1 em cada 6 mortes em todo o mundo, como mostra a pesquisa.

“Fizemos um progresso significativo no mapeamento do genoma humano e no entendimento do papel dos genes nas doenças, mas a genética representa apenas cerca de 10 a 15 por cento das doenças. Agora, a chave para acelerar novas descobertas na medicina individualizada está em colocar o expossoma sob o microscópio”, diz o Dr. Konstantinos Lazaridis, M.D., diretor executivo dotado Carlson and Nelson do Centro de Medicina Individualizada da Mayo Clinic.

O expossoma é considerado uma contraparte do genoma (conjunto completo de DNA de uma pessoa). Em muitas doenças, o expossoma e o genoma funcionam combinados, diz o Dr. Lazaridis. A pesquisa da Mayo examinará o impacto das exposições ao longo da vida e como esses dois elementos interagem para manter o bem-estar ou criar doenças.

“Pense em uma planta”, acrescenta o Dr. Lazaridis. “A saúde e a longevidade da planta não são necessariamente determinadas por aquilo do que a planta é feita. Elas dependem da qualidade do solo no qual ela é plantada, da limpeza do ar que a cerca e da quantidade de produtos químicos e pesticidas aos quais ela está exposta. E também dependem de como essas exposições interagem com as características biológicas da planta. O mesmo vale para os seres humanos.”

O Dr. Lazaridis diz que identificar associações significativas do expossoma à doença exigirá análise de dados em larga escala, métodos de inteligência artificial de aprendizado profundo e investigações multiômicas complexas. Multiômica é uma combinação de duas ou mais abordagens “ômicas”, como genoma, o mapeamento de genomas; proteômica (o estudo das proteínas); metabolômica (o estudo dos processos metabólicos para identificar as causas subjacentes de doenças); epigenômica (o estudo das mudanças epigenéticas no DNA); e transcriptômica (o estudo de moléculas de RNA).

“Cada pessoa tem uma pegada ambiental única que pode ser analisada por meio de assinaturas no sangue, urina, saliva, cabelo etc.”, diz o Dr. Lazaridis. “Em última análise, esperamos entender como essas exposições interagem com o perfil genômico de uma pessoa para influenciar sua saúde, para que possamos responder por que uma pessoa exposta a um poluente persistente desenvolve câncer enquanto outra com a mesma exposição pode não desenvolvê-lo. E quais exposições ambientais de baixo nível contribuem substancialmente para o aparecimento de doenças.”

O Dr. Lazaridis diz que avançar no entendimento do expossoma e de como as exposições ambientais afetam a saúde de uma pessoa ajudará a orientar mudanças no estilo de vida, em intervenções e na prevenção.

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas para todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter outras notícias da Mayo Clinic.

You may also like

More in:Saúde

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.