Com Larissa Manoela, “Tá Escrito” estreia dia 14 de dezembro. Veja cena inédita

Dirigido por Matheus Souza, o longa também traz Karine Teles, Kevin Vechiatto, André Luiz Frambach, Caroline Dallarosa e Victor Lamoglia

10 min. leitura

Paris Filmes acaba de divulgar uma cena inédita de “Tá Escrito”, comédia romântica protagonizada por Larissa Manoela (“Modo Avião” e “Fala Sério, Mãe!) e dirigida por Matheus Souza (“Apenas o Fim” e “A Última Festa”). A estreia nos cinemas é dia 14 de dezembro e o filme terá sessões s antecipadas a partir do dia 7 de dezembro em salas selecionadas. No filme, a atriz vive Alice, uma leonina insegura que não gosta dos holofotes. Ela mora com a mãe (Karine Teles), virginiana obcecada por organização, e com o irmão (Kevin Vechiatto), que faz de tudo para atazanar sua vida. Seu sonho é conquistar o primeiro emprego e ir morar com o namorado (André Luiz Frambach). Mas seus planos vão por água abaixo quando ele termina o relacionamento para se dedicar à carreira. 

Alice fica frustrada com o fim do namoro, até que recebe um livro mágico que promete tornar realidade qualquer previsão astrológica escrita nas páginas em branco. Com o poder de influenciar a todos, ela se torna um fenômeno online e conta com a ajuda da melhor amiga Marina (Caroline Dallarosa), uma pisciana sonhadora que está abrindo sua primeira loja de roupas e espera se tornar uma grande referência do mercado da moda. Apesar dos conselhos da amiga para tomar cuidado com os poderes do livro, Alice vai deixar o mundo ao seu redor de cabeça para baixo ao reescrever o zodíaco.

“Tá Escrito” aborda temas cotidianos de jovens adultos, passando por amizade, superexposição nas redes sociais, relacionamentos, descobertas, conflitos, trabalho e os desafios enfrentados pelos jovens. Completam o elenco Victor Lamoglia, Richard Abelha, Hamilton Dias, Emira Sophia, Vittoria Tosi e Thuany Parente, que também assina o roteiro ao lado de Mariana Zatz e do diretor Matheus Souza.

A produção é da Paris Entretenimento em coprodução com a Globo Filmes e Globoplay, e distribuição da Paris Filmes

Sinopse: Alice (Larissa Manoela) acha que os astros erraram com ela, até que um dia ela recebe um livro em branco, apenas com instruções que prometem que qualquer previsão astrológica escrita naquelas páginas se concretizará. Com o poder de influenciar a todos com as previsões que agora ela tem acesso, Alice se torna um fenômeno online, mas também deixa o mundo ao seu redor de cabeça para baixo.

Elenco: 

Larissa Manoela

André Luiz Frambach

Caroline Dallarosa

Victor Lamoglia

Kevin Vechiatto

Richard Abelha

Hamilton Dias

Emira Sophia

Vittoria Tosi 

Thuany Parente

Participações especiais:

Karine Teles

Cazé Pecini

Ficha técnica:

Direção: Matheus Souza 

Roteiro: Matheus Souza, Thuany Parente e Mariana Zatz

Direção de Fotografia: Lícia Arosteguy 

Direção de Arte: Fernanda Teixeira

Codireção de Arte: Gabi Lisboa

Figurino: Carol Roquete

Maquiagem: Mima Mizukami

Produção de Elenco: Edu Benesi

Direção de Produção: Natalia Campestrini

Produção Executiva: Jatir Eiró, UPEX, e Mariana Marcondes 

Produção Associada: Rodrigo Castellar, Rosane Svartman, Renata Sofia

Produzido por: Márcio Fraccaroli, André Fraccaroli e Veronica Stumpf 

Produção: Paris Entretenimento 

Coprodução: Globo Filmes e Globoplay

Patrocínio: Aços Sachelli, QV Benefícios, Grupo Ambipar

Distribuição: Paris Filmes

Sobre a Paris Entretenimento:

Fundada em 2011, a Paris Entretenimento consolidou-se como produtora independente em 2015, com o lançamento de Carrossel – O Filme. Desde então, seus filmes foram vistos por 20 milhões de pessoas nos cinemas. Entre 2015 e 2018, a Paris Entretenimento foi a produtora que mais lançou filmes no país, com um total de quatorze longas-metragens originais exibidos em circuito comercial. Os gêneros variados dessas produções reafirmam sua versatilidade e, consequentemente, seu posicionamento no mercado audiovisual: adaptações de séries infantis (Carrossel, Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina, Detetives do Prédio Azul – O Filme e Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano), infanto-juvenis (Internet – O Filme, Meus 15 Anos e 10 Horas para o Natal), comédia romântica (Um Namorado Para Minha Mulher), adaptação que deu vida à HQ nacional de ação (O Doutrinador), que deu origem a uma série para o canal Space) e três documentários (Teresinha, Todas as Meninas Reunidas Vamos Lá! e Aqualoucos). Em 2021, lançou as comédias A Sogra Perfeita e Dois Mais Dois, e em 2022 Detetives do Prédio Azul 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo. Em 2023, já produziu Um Dia Cinco Estrelas, de Hsu Chien, além dos longas Meu Nome é Gal, Tá Escrito e Férias Trocadas. A Paris Entretenimento desenvolve ainda quatro séries para diferentes plataformas de streaming e ainda filma mais três longas-metragens até o fim deste ano. Atualmente, a Paris Entretenimento desenvolve duas séries e dois longas-metragens para diferentes plataformas de streaming e ainda filmará mais três longas-metragens para cinema até o fim de 2023.  

Sobre a Globo Filmes:

Construir parcerias que viabilizam e impulsionam o audiovisual nacional para entreter, encantar e inspirar com grandes histórias brasileiras – do cinema à casa de cada um de nós. É assim que a Globo Filmes atua desde 1998. Com mais de 450 filmes no portfólio, como produtora e coprodutora, o foco é na qualidade artística e na diversidade de conteúdo, levando ao público o que há de melhor no nosso cinema: comédias, romances, infantis, dramas, aventuras e documentários. A filmografia vai de recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ – ambos com mais de 11 milhões de espectadores – a sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, passando por longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar – e ‘Bacurau’, que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Títulos mais recentes como ‘Marighella’, ‘Turma da Mônica: Lições’ e ‘Medida Provisória’ fizeram o público voltar às salas pós-pandemia para prestigiar um cinema que fala a nossa língua. 

Sobre o Globoplay

O Globoplay é a maior plataforma brasileira de streaming, com oferta de conteúdo gratuito e exclusivo para assinantes. O serviço reúne diversos conteúdos originais Globo e do mercado audiovisual independente, filmes e séries internacionais renomadas, dentre elas produções exclusivas, que só estão disponíveis online. A plataforma conta ainda com uma oferta completa com os canais lineares da Globo através do Globoplay + canais ao vivo, que agrega em um só lugar, além da TV Globo, o Multishow, GloboNews, os canais sportv, GNT, Viva, Gloob, Gloobinho, Off, Bis, Modo Viagem, Megapix, Universal TV, Studio Universal, SYFY, Canal Brasil e Futura. Tudo junto, na mais completa e variada oferta de conteúdo para que o público acesse a qualquer momento e de onde estiver o que está no ar, o que já foi ao ar e o que ainda será exibido.  

Sobre a Paris Filmes

A Paris Filmes é a maior distribuidora brasileira independente e atua no mercado de distribuição de filmes no Brasil e na América Latina, destacando-se pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais como as sagas “Crepúsculo” e “Jogos Vorazes”, o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro e o Oscar de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013, e “Meia-noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen. A distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar”, “Até Que a Sorte nos Separe”, “DPA – O Filme” e “Turma da Mônica”. Nos últimos anos a empresa esteve à frente de importantes lançamentos como “John Wick”, “La La Land – Cantando Estações”, “A Cabana”, “Extraordinário” e “Marighella”. Para os próximos lançamentos, a empresa aposta em um line-up diversificado, que inclui títulos como “Os Três Mosqueteiros”, “Minha Irmã e Eu”, “Tá Escrito”, e as sequências “John Wick 4: Baba Yaga”, “Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes”, “Pássaro Branco – Uma História de Extraordinário”, “Jogos Mortais X”. 

Deixe um comentário
Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Avatar photo
Prosa & Verso