CulturaDestaqueEventoFestaNegóciosShow

Produtora de eventos de formatura aposta em festa de boas-vindas para encantar clientes

Missão: transformar sonhos em realidade. É assim que a DM Universitária, empresa que tem à frente a jovem empreendedora Gabriela Pimenta, de apenas 34 anos de idade, vem trilhando o seu caminho. Tendo como diferencial a expertise da realização de grandes eventos com atrações nacionais, a empresa decidiu focar em promover experiências para estudantes e formandos. Para mostrar que a equipe está mesmo preparada para os desafios, a produtora realizou um evento de boas-vindas, com recursos próprios, para uma turma de Medicina de uma faculdade de Belo Horizonte. O momento especial, que aconteceu no último dia 29, trouxe artistas nacionais do funk, como, MC Rick, MC Zaquin, Arthur Belmone e DJ Agui, com direito a open Bar e open Food, deixando claro que esse foi apenas um aperitivo do que a empresa vai proporcionar para os alunos durante a comemoração do término da graduação.

Gabriela Pimenta, CEO da DM Universitária, e MC Rick (Foto: Divulgação)

A empreendedora comemora o momento vivido pela empresa. “Os últimos anos foram bem difíceis para o setor dos eventos de forma geral, mas a DM seguiu o curso contrário do mercado e conseguimos aumentar em mais de quatro vezes nosso portfólio de clientes e isso, porque temos um corpo de colaboradores dedicados. Além disso, nos reinventamos na maneira de captar e atender, mantendo a essência da pessoalidade, dando exclusividade. Hoje temos uma média de 40 bailes de formatura anualmente, atendendo cerca de 10 a 12 mil formandos anualmente, isso, sem considerar os pré-eventos e festas de arrecadação de nossos parceiros. Fora isso, temos mais de 200 clientes ativos e mais de 70 turmas em processo de prospecção. E melhor do que falar, é mostrar o que podemos fazer, como o nosso evento realizado em um dos maiores estádios do país e de forma exclusiva para os nossos clientes”, destaca.

Segundo a CEO, além de Minas Gerais, a DM já está com agendas em outros estados. “Hoje a DM ultrapassou os limites de Minas Gerais. Temos clientes em diversos estados, tanto que estamos planejando e desenvolvendo festas para nossas turmas da UFBA, em Vitoria da Conquista – BA. Quanto aos cuidados para se ter uma festa assertiva, lembro que o principal ponto que as turmas tem se preocupado é com a transparência na gestão do fundo de formatura. Por isso, na DM trabalhamos com clareza em parceria com as comissões e com os demais clientes, buscando atender a demanda de cada um, de forma personalizada e exclusiva, para que o momento se torne inesquecível. Friso que as parcerias que a DM desenvolveu ao longo dos anos, principalmente pelo volume de clientes que movimentamos no mercado, garante um custo-benefício único em cada um de nossos projetos. Segurança e tranquilidade, esse é o nosso compromisso”, conclui a empresária.

Gabriela destaca que o principal diferencial da empresa é a credibilidade. “Atuamos em um tipo de negócio em que o sonho das pessoas está em xeque. Não temos margem para erros e por isso trabalho bem alinhada com os meus princípios pessoais, que norteiam a operação da empresa. Se prometemos, temos que entregar e entregamos com a maior dedicação, afinal, não é só meu nome e a minha marca que está em jogo”, comenta Gabriela Pimenta, que leva grandes artistas para as suas festas, como, Jorge & Mateus, Dennis DJ, Israel Novaes, Tomate e vários outros ícones que estão em evidência no showbusiness.

De acordo com Gabriela Pimenta, a inovação faz parte do DNA da empresa. “Vamos lançar em breve um novo site e um sofisticado sistema de gestão para as turmas de formatura de última geração. E como o nosso público usa mais os smartphones, teremos um aplicativo com atendimento inteligente. A intenção é proporcionar maior transparência na gestão de recursos e maior agilidade nas respostas aos nossos clientes”, revela a CEO da DM Universitária.

Mercado de formaturas

Festa realizada no Mineirão (Foto: Divulgação)

A Associação Brasileira de Empresas de Formatura estima que, antes da pandemia, toda a cadeia ligada ao segmento movimentava cerca de R$ 7 bilhões por ano. Mas, em 2021, nem 10% disso foi alcançado por causa das restrições impostas pela pandemia. Com isso, a demanda ficou represada, com contratos fechados antes do surto de coronavírus, e agora as empresas do setor correm para colocar o calendário em dia.  

A DM Universitária, que está prestes a completar 10 anos de operação, passou pela pandemia. “Ficamos dois anos impedidos de trabalhar por causa das restrições necessárias em virtude da Covid-19. Desde que pudemos iniciar a retomada, toda a equipe segue trabalhando muito para entregar os contratos firmados antes do caos na saúde mundial e agora estamos finalizando as últimas pendências e já produzindo os eventos das turmas que estão se formando neste ano e planejando as celebrações dos próximos semestres”, comemora a empresária, que tem em seu currículo mais de 100 mil formandos que celebraram suas conquistas nas festas produzidas pela empresa.

You may also like

More in:Cultura

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.