Interesse sobre intestino dispara

3 min. leitura

Segundo um levantamento realizado pelo Google Trends, o Brasil nunca pesquisou tanto por intestino quando nesse ano. O país também é o terceiro país do mundo com mais interesse de busca pelo assunto nos últimos 12 meses.

Segundo a ferramenta de pesquisas, as investigações por intestino triplicaram na comparação dos primeiros quatro meses deste ano (janeiro a abril) com o mesmo período de dez anos atrás, em 2013 (260%). No último ano, as buscas por doença de
Crohn e colite ulcerosa (ou retocolite ulcerativa), as principais doenças inflamatórias intestinais, cresceram 210% e 220%, respectivamente. Já a pesquisa por síndrome do intestino irritável aumentou 190%.

Entre as perguntas mais realizadas estão: 
“Como soltar o intestino?” e “o que é constipação intestinal?”. Mas por que tamanho interesse?

Segundo a Biomedica Adriana Lima, especialista em saúde integrativa, o intestino é o segundo cérebro do nosso corpo. E ao contrário do que muitos pensam, é nesse órgão que pode ocorrer, por exemplo, a descarga emocional.

“A nossa alimentação hoje está com excesso de consumo de carboidratos refinados, produtos ultraprocessados, pouquíssima fibra é muito açúcar. O sedentarismo, horas sentadas, fazem com que os movimentos peristálticos (contrações musculares que fazem o intestino funcionar) não ocorram de maneira correta. O que dificulta a circulação. Alem disso, a maioria das pessoas somatiza questões emocionais como estresse, ansiedade e raiva no trato
gastrointestinal”, explica a especialista.

Para a especialista o bom funcionamento do intestino melhora o humor, isso porque ele é responsável por 50% de toda a dopamina e 90% da serotonina presentes no organismo. Ou seja, é importante estar com o funcionamento do órgão em perfeito estado para não afetar outras questões do corpo.

O intestino também é um aliado para manter a imunidade alta. De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI), é nele que vivem cerca de 70% das células imunológicas. Sendo assim, uma pessoa com problemas intestinais está mais vulnerável às doenças comuns.

E como melhorar o funcionamento desse órgão? Adriana explica que com passos simples e uma rotina saudável é possível melhorar sua saúde. Confira as dicas da especialista:

1. Alimentação saudável. Consumo de verduras, legumes, frutas, carnes magras e fibras devem fazer parte da rotina”.
2. Mastigue devagar;
3. Identifique e trate intolerâncias alimentares;
4. Faça, pelo menos, cinco refeições por dia e não pule o café da manhã.
5. Pratique atividades físicas;
6. Reduza o nível de stress;
7. Evite álcool, cafeína e comidas apimentadas, caso tenha algum sintoma de problema intestinal;
8. Durma melhor;
9. Beba bastante líquido, de preferência mais de 1,5 litro por dia.

Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Avatar photo
Prosa & Verso