Entenda como ensinamentos milenares podem impulsionar sua prosperidade financeira

4 min. leitura

O empresário e advogado, Dr. Flavio Varela Torres, explica como alcançar sucesso financeiro seguindo conceitos já aplicados por grandes profetas, reis e religiosos 

No mundo contemporâneo, o debate sobre a relação entre espiritualidade e prosperidade financeira tem se intensificado. Na internet, é possível encontrar desde sequências numéricas, reprogramação mental através de áudios e diversos cursos que prometem riqueza com um toque de mágica. O empresário, advogado e mentor empresarial, Dr. Flavio Varela Torres, concorda que prosperidade e espiritualidade andam juntas, mas é preciso acessar a sabedoria dos grandes empresários da história, que, segundo ele, está disponível gratuitamente a todos, bastando um pouco de leitura.

Ele lembra que esses conhecimentos, compartilhados com a sociedade há milhares de anos em escrituras que retratam a vida abundante de personalidades como Rei Salomão, Jacó, Abraão, Isaac e Jó, podem ser aplicados para impulsionar a prosperidade financeira nos tempos atuais. “Apenas na Bíblia, temos mais de 2.300 versículos que falam sobre dinheiro e finanças. Um quarto das parábolas de Jesus abordam esses temas, revelando princípios valiosos para o sucesso financeiro”, detalha Varela, enfatizando a importância de encarar as escrituras cristãs também como referência histórica de empreendedorismo.

Um bom exemplo, para o empresário, é a parábola dos talentos, encontrada nos livros de Mateus e Lucas. Na história, um homem rico, antes de partir em viagem, entrega diferentes quantias de dinheiro a seus servos. Ao retornar, ele cobra os resultados de cada um. Os que fizeram o dinheiro render foram recompensados, enquanto o que não aplicou, foi repreendido. “Cada um de nós tem a responsabilidade de usar os talentos e recursos da melhor maneira possível, o que inclui gerar crescimento e abundância. Até mesmo aqueles que não são religiosos conseguem concordar com isso”, afirma, ao reforçar que esse é um ensinamento atemporal.

Os patriarcas Abraão, Isaac e Jacó também são exemplos citados pelo trabalho árduo e pela “bênção divina” fundamental para a construção da riqueza. Varela também cita Jó como um empreendedor de sucesso: “Tudo na Bíblia pode ser interpretado como empreendedorismo. É preciso enxergar além da religião e compreender os propósitos por trás das ações dos personagens incríveis, que sempre têm em comum a benevolência, inteligência e filantropia.”

Dr. Flavio enfatizou que até mesmo Jesus e seus discípulos exerciam atividades empreendedoras: “Jesus, como marceneiro, e Pedro, como pescador, são exemplos de empreendedores. A história de Pedro, que obteve uma colheita extraordinária sob a orientação de Jesus, destaca a importância do direcionamento divino na geração de prosperidade, ou seja, prova que prosperidade e espiritualidade andam juntas.”

Dr. Flavio Varela Torres acredita que a sabedoria contida nas escrituras antigas pode ser a chave para uma jornada rumo à prosperidade e realização financeira. “Ao olharmos para os ensinamentos de grandes profetas, reis e religiosos do passado, podemos encontrar lições valiosas. Não dá para ignorar a sabedoria acumulada ao longo dos séculos. É preciso aplicá-las em nossa vida diária, buscando a harmonia entre o trabalho, a fé e a orientação espiritual”.

Entenda mais sobre o assunto: https://escoladeprosperidade.com.br 

Cadernos
Institucional
Colunistas
andrea ladislau
Saúde Mental
Avatar photo
Exposição de Arte
Avatar photo
A Linguagem dos Afetos
Avatar photo
WorldEd School
Avatar photo
Sensações e Percepções
Marcelo Calone
The Boss of Boss
Avatar photo
Acidente de Trabalho
Marcos Calmon
Psicologia
Avatar photo
Prosa & Verso